Primeira Igreja Batista de Araguaína

Você está aqui: Ministérios!

Primeira Igreja Batista de Araguaína

Mãe que dar a vida

E-mail Imprimir PDF
mae

mae

A expressão dar a vida, não precisa ser literal, mas para algumas mães, tem sido:

1.     Mães que tem dado a vida com os filhos:

  • Dar a vida com os filhos é viver com eles construindo juntos;
  • Dar a vida com os filhos é compartilhar alegrias juntos;
  • Dar a vida com os filhos é compartilhar dificuldades juntos;
  • Dar a vida com os filhos é prosperar juntos;
  • Dar a vida com os filhos é sentir o respeito deles;
  • Dar a vida com os filhos não cansa quando esta mãe sente que é amada;
  • Dar a vida com os filhos não é peso, é privilégio;

2.     Mães que tem dado a vida pelos filhos:

  • Dar a vida pelos filhos é uma luta solitária;
  • Dar a vida pelos filhos gera sentimento de não ser valorizada;
  • Dar a vida pelos filhos cansa, porque gera auto-esquecimento;
  • Dar a vida pelos filhos é acumular sofrimento;
  • Dar a vida pelos filhos faz o amor se tornar um fardo;
  • Dar a vida pelos filhos é morrer de forma prematura;
  • Dar a vida pelos filhos faz o marido ficar em segundo plano;
  • Dar a vida pelos filhos é viver a vida deles;

3.      Uma sugestão às mães:

Viva a vida com os filhos e não para eles. Veja como?

-- Viva seus sonhos com eles, não viva o sonho deles;

-- Seja feliz como pessoa, para ser feliz como mãe;

-- Dê aos filhos o melhor que você pode, lembre: é o que você pode!

-- Se tiver de perder sono pelos filhos, o faça orando e não com insônia;

-- Dê liberdade, mas com limites;

-- Seja exemplo, pois suas atitudes dirão mais que suas palavras;

-- A sua presença e amizade na vida de seus filhos, há de ser depois de Deus, o melhor antídoto contra qualquer ato de rebeldia ou indiferença, aos ensinos que você tiver dado a eles.

Parabéns a todas as mães, em especial àquelas que têm dado o melhor de si aos seus filhos.

Do seu pastor e amigo,
Euzimar Nunes.

Espinho na carne

E-mail Imprimir PDF
thorn_intheflesh

thorn_intheflesh

“A árvore do alto das montanhas, isolada, batida pelos ventos e pelas tempestades, é mais resistente, tem melhor fibra do que a que cresce nos vales, sem os percalços da inclemência dos vendavais.” (J. B. da Silva)

Por que sofremos, temos dor, insatisfação, tristeza, solidão e muitos outros sentimentos que nos levam a nos tornarmos incapazes e até mesmo a uma baixa auto-estima?

Para podermos entender esta situação é interessante que conheçamos a história de Paulo, um ótimo exemplo para nós. Ele diz o seguinte em II Co 12:7 “E, para que me não exaltasse demais pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne”. Mas o que ele queria dizer em ter um espinho na carne? Esta afirmação de Paulo gera dúvidas em nós e abre espaço para conjecturas, sendo assim algo de difícil explicação. Teólogos e muitos estudiosos supõem que este sofrimento seriam dores de cabeça, dores de ouvido, febre de malária, sua experiência religiosa, uma oftalmia (possivelmente , conseqüência do incidente no caminho de Damasco) e por aí vai.

E nós, em nossas limitações e dificuldades nos encontramos em situações duvidosas, complicadas e perguntamos como tirar o espinho da carne. O espinho na nossa carne pode ser uma conta a pagar, uma discussão ou bate-boca, falta de reciprocidade no amor, um filho rebelde, um membro da família nas drogas, alguém muito próximo que esteja doente, enfim, situações que nos tiram o sono. Podendo ser estes ou outros momentos um espinho na carne de alguém.

Pois Ele mesmo diz em II Coríntios 12:9: “A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. Por isso, de boa vontade antes me gloriarei nas minhas fraquezas, a fim de que repouse sobre mim o poder de Cristo.”

Graça significa favor não merecido. Apenas Ele pode nos dar esta graça e de uma única forma pode fazer assim como fez com Paulo, deixando-o suportar o incômodo do espinho durante toda a vida terrena, porque o Senhor deu-lhe as forças necessárias para fazê-lo. Isto não significa que esta circunstância é por toda a vida, mas sim que o Senhor Jesus está ao nosso lado disposto a nos dar suporte ilimitado, pois seja qual for a natureza do espinho, a graça do Senhor Jesus nos basta, pois ela é infinita, irresistível e maravilhosa para transformar a vida de qualquer ser humano.

Sem. e Adm. Jannally Madeira.

Cristo como Senhor

E-mail Imprimir PDF

A fonte suprema da autoridade cristã é o Senhor Jesus Cristo. Sua soberania emana da eterna divindade e poder – Como o unigênito filho de Deus Supremo – de Sua redenção vicária e ressurreição vitoriosa. Sua autoridade é a expressão de amor justo, sabedoria infinita e santidade divina, e se aplica à totalidade da vida. Dela procede a integridade do propósito cristão, o poder da dedicação cristã, a motivação de lealdade cristã. Ela exige a obediência aos mandamentos de Cristo, dedicação ao Seu serviço, fidelidade ao Seu reino e a máxima devoção à Sua Pessoa, como o Senhor vivo. A suprema fonte de autoridade é o Senhor Jesus Cristo, e toda a esfera da vida esta sujeita a Sua soberania.

(Colossenses 1:15-20)

15 o qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;
16 porque nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para ele.
17 Ele é antes de todas as coisas, e nele subsistem todas as coisas;
18 também ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio, o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência,
19 porque aprouve a Deus que nele habitasse toda a plenitude,
20 e que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra como as que estão nos céus.

Quero Ser Promotor

E-mail Imprimir PDF
promotores-canal

promotores-canal



O QUE É SER UM PROMOTOR?

Missões Nacionais vive um novo tempo. Tempo em que se organiza, planeja, estrutura e  executa o ideal de se conquistar a Pátria para Cristo. Avançar nesta missão requer estratégia bem delineada e uma equipe motivada que realize a gigantesca obra.  Por isso, Missões Nacionais precisa contar com o apoio de crentes fiéis, que acreditam e atendam ao IDE que Jesus Cristo nos deixou. Uma das maneiras de realizarmos essa obra é sendo um Promotor de Missões.

Equipes de promotores que pensam, acreditam, motivam e inspiram cada membro de suas igrejas a se tornarem peças fundamentais nesta conquista são o que pretendemos formar. O Promotor de Missões precisa entender sua responsabilidade nesta engrenagem.  Precisa entender que seu serviço pode e deve ser desenvolvido. Precisa ajudar Missões Nacionais a, juntos, unidos neste ideal, e atendendo ao IDE de Jesus Cristo, divulgar Campanhas Anuais, os Congressos Desperta Pelo Brasil, o PAM Brasil, os materiais de evangelização produzidos, as clínicas de evangelização que serão realizadas, os Congressos de Surdos, as atividades de alcance social, ou seja, ajudar a igreja local a se envolver nessa causa.


COMO POSSO SER UM PROMOTOR?

Para tornar-se um promotor de Missões Nacionais, faça o download da ficha de cadastro, preencha e envie para Rua Gonzaga Bastos, 300 - Vila Isabel - Rio de Janeiro (RJ) - CEP 20541-000. Lembre-se de colher a assinatura do pastor de sua igreja, que o recomendará para esta tarefa.





EVENTOS PARA PROMOTORES

Missões Nacionais realizará uma série de Acampamentos e Encontros de Promotores de Missões em vários Estados do Brasil. Nesses encontros eles são capacitados e recebem ferramentas para que sejam ainda mais eficientes no exercício de suas funções na igreja, trocam experiências com outros promotores, convivem com missionários e coordenadores de Missões Nacionais e conhecem todo o material da Campanha Missionária. Além dos acampamentos e encontros, em todos os congressos Desperta pelo Brasil há uma oficina dedicada aos promotores.

PERNAMBUCO
Data: 28 de Agosto
Local: Seminário de Educação Cristã de Recife (SEC)
Contato: (81) 3222-6118 / (81) 9729-7343 / (77) 9964-2536  
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

O Cristão e Seu Lar

E-mail Imprimir PDF
lar_cristao

lar_cristao

O lar foi constituído por Deus como unidade básica da sociedade. A formação de lares verdadeiramente cristãos deve merecer o interesse particular de todos. Devem ser constituídos da união de dois seres cristãos, dotados de maturidade emocional, espiritual e física e unidos por um amor profundo e puro.

O casal deve partilhar ideais e ambições semelhantes e ser dedicado à criação dos filhos na instrução e disciplina divinas. Isso exige o estudo regular da Bíblia e a prática do culto doméstico. Nesses lares o espírito de Cristo está presente em todas as relações da família. As igrejas têm a obrigação de preparar jovens para o casamento, treinar e auxiliar os pais nas suas responsabilidades, orientar pais e filhos na provações e crises da vida, assistir àqueles que sofrem em lares desajustados, e ajudar os enlutado e encanecidos a encontrarem sempre um significado na vida.

O lar é básico, no propósito de Deus para o bem estar da humanidade, e o desenvolvimento da família deve ser de supremo interesse para todos os cristãos.

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Fale Conosco

Primeira Igreja Batista de Araguaina

  • Endereço: Rua Souza Porto, 288, Centro, 77805-100
  • Telefone: (63) 3414 7452
  • Fax: (63) 3415 0001
  • Celular: (63) 9043 1419
  • Email: jannallysecretaria@pibaraguaina.org